NOVOS RUMOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Trocar de emprego e, principalmente, de profissão, envolve abrir mão de uma carreira consolidada, de um cargo de chefia ou de um salário alto em nome da realização de um sonho. Em contrapartida, trabalhar em uma área ou em um ambiente com o qual não se identifica mais é desgastante e desmotivador.

Antes de tomar qualquer decisão, o profissional deve descobrir se a insatisfação é com a profissão, com a equipe ou com a empresa em que ele trabalha. Em alguns casos, mudar de emprego já é suficiente para ele se sentir motivado novamente.

Há situações em que o profissional está infeliz com a atividade que exerce e sente necessidade de buscar novos desafios, nesse caso, é fundamental ele analisar se essa transição realmente é a escolha certa e se está relacionada ao seu propósito de vida.

O primeiro passo, seja para mudança de emprego ou de carreira, é o profissional praticar o autoconhecimento e descobrir se está preparado para os riscos da transformação que sua vida terá.

Outro ponto a ser considerado antes de mudar de carreira é: tem que se planejar financeiramente e psicologicamente, pois é possível uma diminuição de cargo e um período de gastos sem ganhos garantidos. Já quem deseja seguir novos rumos, mas não sabe por qual caminho seguir, pode recorrer ao coaching profissional que, por meio de interesses e aptidões da pessoa, ajudará a encontrar a atividade ideal para o perfil dela.

SINAIS DE QUE CHEGOU O MOMENTO DE MUDAR DE EMPREGO OU DE CARREIRA

Acorda sem vontade de ir para o trabalho? S N
O ambiente de trabalho é desagradável? S N
Passa a maior parte do dia nervoso e se irrita com facilidade? S N
Não tem vontade de se aprimorar na área em que atua? S N
Faz as tarefas sem empolgação e no modo automático? S N
Não tem mais admiração pelo seu chefe? S N
Sente que o dia demora demais para passar? S N
Por mais que faça as coisas, não se sente reconhecido? S N
Sempre se queixa do seu trabalho para os seus familiares? S N
Quando acaba o expediente, se sente livre? S N
Não tem vontade de trazer novas ideias para a empresa? S N
A única coisa que te mantém no emprego é o salário? S N
À noite, fica triste por pensar que no dia seguinte será tudo igual? S N

RESPOSTA:

Caso tenha respondido sim para a maioria das questões, talvez seja o momento de rever a sua situação profissional. Não espere uma atitude da empresa, busque você mesmo as mudanças que deseja para a sua vida. Porém, não se precipite. É importante planejar cada passo do novo rumo e ter algo em vista antes de se desligar do atual emprego, principalmente neste momento de altas taxas de desemprego que o Brasil vem enfrentando.