QUER CRIAR UM BOM AMBIENTE DE TRABALHO? ENTÃO COMECE RESPEITANDO AS INDIVIDUALIDADES.

Tempo de leitura: 1 minuto

– Mantenha-se sempre próximo dos seus colaboradores

A palavra de ordem para um ambiente saudável é ouvir, ouvir e ouvir. Se for possível, abra espaço, semanalmente, para receber seus colaboradores e deixe-os falarem sobre trabalho, o dia a dia, as necessidades pessoais e da equipe.

– Escritório com muitas facetas

Além de diminuir as paredes entre seus colaboradores, ofereça serviços que os tirem da frente do computador por alguns minutos – como manicure, massagem relaxante e vídeo game. E invista em um ambiente agradável também aos olhos, com espaço para conversas na copa, por exemplo.

– Faça com que pensem fora da caixa

Reforçar o espírito de equipe é sempre uma boa ideia, até que os profissionais aprendam a respeitar os balances (qualidade de vida) dos outros. Uma maneira interessante de conseguir isso é criar pequenos eventos sociais, como almoços, happy hours, jantares. Ah, sim: a participação dos gestores é igualmente importante.

– Construa um ambiente confortável e com equipamentos de qualidade

Nada de bom acontece em escritório insalubre. Por isso, faz parte das responsabilidades do empregador/chefe/gestor investir em um ambiente funcional e confortável. Aqui estou falando de um sistema de refrigeração/aquecimento bem ajustado, mesas e cadeiras ergonômicas, computadores novos, iluminação de qualidade e limpeza impecável. Ah, e ter certeza de que cada funcionário possa decorar sua estação de trabalho conforme lhe convier.

– Recompense quem deve ser recompensado

Ambientes calcados na meritocracia funcionam melhor do que quaisquer outros. Por isso crie um sistema de recompensas bem definido e 100% conhecido por todos. Estimule uma saudável competividade, com premiações individuais e coletivas, sejam elas financeiras ou day off, por exemplo. O reconhecimento é muito importante.

Fonte: Revista Gestão&Negócios – Edição 102